Cara / Coroa

Todos temos uma , embora com várias faces.
O outro lado da mesma , supostamente não deveria ser um lado diferente, apenas ser o mesmo, de outra perspectiva.
Mas cabe a humilde opção, a cada um de nós, de escolher qual a cara com que nos mostramos ao mundo.
Um determinado caminho, uma determinada escolha, uma determinada altura.
Tudo nos condiciona a…
Tudo nos leva a ….
Tudo nos faz confrontar com aquilo que mais queremos ou aquilo que mais tememos.
Uma cara, uma opção, que tem de ser obrigatoriamente consciente , de onde e até onde nos pode levar.
Até onde nos pode levar.
Só esta mera ideia, é assustadoramente fatal.
Uma acção, um efeito, uma reacção.
Se queremos lá chegar, não obstante os meios para atingir o(s) objectivo(s) que temos em mente.
Jogamos com o baralho que temos.
Cada cartada pensada, planeada, executada a fim de ganharmos a mão.
Mas logo de início temos de nos perguntar , se vale a pena ou não mostrar os trunfos que temos.
Se é expectável o mesmo desfecho com ou sem abrir mão , em última análise do que nós fundamentamente somos?
Por isso fica a questão, Cara ou Coroa?
 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: